A LENDA DO APANHADOR DE SONHOS

(Iktomi cangleska) 

Hà muinto tempo , no inicio do 

mundo , un velho chefe spiritual 

LAKOTA , estando sobre uma 

alta montanha , teve uma visaõ. 

Ikotomi o grande faceto , mestre 

de sabedoria apareceu na 

forma de uma aranha. IkTOMI 

derigio-se au velho chefe numa 

linguage sagrada  que so os 

chefes espirutuais LAKATAS , 

podiam compreender. 

Enquanto ele falava , (IKTOMI) 

a aranha fez um arco de um 

tranco de salgueiro , e o gar- 

neceu de penas , de crinas , de perolas , e de oferendas , em seguida começou tecer uma 

tela. Ela falava au velho chefe , dos ciclos da vida … e como começamos a nossa vida 

de crianças , andamos para a infancia , depois para a idade de adulto , enfim , nos atin- 

gimos a velhice , durante aquale devem encarregar-se de nos como crianças pequenas, 

terminando assim o ciclo da vida. 

Mas diz IKTOMI continuando tecer a sua tela, “a cada etapa da vida , nos somos confron- 

tados com numerosas forças algumas saõ boas , outras saõ fracas se escutares as boas , 

elas te leveram para a boua direcçaõ , mas se escutas as fracas elas vaõ te ferir e te codu- 

ziraõ os teus passos para a mà direcçaõ .“ 

Ela continua “ha numerosas forças e diferentes direcçois , que podem ajudar au 

contrariar  a harmonia da natureza , e o grande espirito ele mesmo , e todos os seus 

maravilhosos ensinos.“ 

Durante o tempo que a aranha falava , ela continuava a tecer a tela , começando do 

exterior para o centro , quando IKTOMI acaba de falar ela dava a tela ao velho chefe 

LAKOTA e diz olha a tela é um circulo perfeito , mas tem um buraco ao centro do circulo. 

Ela diz “utilisa a tela para te ajudar a ti e au teu povo para atingir os vossos fins , e 

fazer bom uso dos encinos , dos sonhos e das visois , se tu acreditas , no grande espi- 

rito , a tela recordara os teus belos sonhos e os maus fugiraõ por o buraco.” 

O velho chefe LAKOTA contava a sua visaõ o seu povo , e desde , desse tempo , os siaux 

utilizaõ os apanhadores dos sonhos com a tela , da sua vida . Eles penduram -na por 

cima da cama onde no interior da casa para filtrare os seus sonhos e das suas visois. 

Os bons sonhos saõ agarrados por a tela e ficam nelas, entaõ que os sonhos maus 

fogem por o buraco do centro da tela e naõ ficam muinto tempo perto delas. Eles creem 

que ‘o apanhador de sonhos ‘ detem o segredo do futuro deles.

TALKING STICKS - PAUS DAS PALAVRAS 

O pau da palavra é um instrumento utilisado numa reuniaõ de pessouas e a 

quem tem o pau tem o direito de falar. Nenhuma outra pessoua tem o direito 

hà palavra, enquanto o pau naô estiver em sua posse. Assim a palavra de cada 

um é respeitada e escutada . Os nossos paus saô feitos de carniso vermelho 

( RED WILLOW ) que é tambem utilisado como tabaco sagrado, em casa dos 

indianos, depois decurados com a pele de lautra ou de visaõ , de pele de gamo, 

uma pena de peru ou de solva. Sobre alguns, mete-se um pequeno saco de 

salva para a fostura as màs energias. 

CHOKERS - VOLTAS DE PESCOSSO 

Les chokers eram tradicionalmente utilizados en casa dos indios como arma- 

dura.Actualmente eles saõ levados como distençaõ o decoreçaõ. 

Eles saõ feitos a maõ com cornos de bisam, d’ossos de coelho branquinhos e 

tinjidos ou cor ambarino. E o corno do bisom é tratado a quente para se 

parecer com ambrine.A quersentamos turquesas com pedras de vidro e com 

pele de gamo para os ligamentos. 

PRAYER FANS - LEQUES DE REZAR  

Saõ utilisados em diversas ocasiois, sobretudo nas ceremonias da purficaçaõ. 

Nessas ceremonias as energias negativas saõ afastadas dos participantes, graças 

au fumo da salva e dos arbustos, a herva sagrada do pasto  é utilisado para atrair 

as energias positivas, os leques saõ fabricados com a pele gamo, e decurados de 

penas e penugem de peru e engastado de turquesa (pedras protegidas) de madei- 

ra de gamo (para reneflar) e de olmeiro (o abalone) para afastar os feitiços. Elas 

podem ser de estilos variados , e igualmente ser decorados de franjas. 

BUFFALO BAGS - SACOS EM PELE DE BISAÕ 

Hà muinto tempo, o bisaõ era cassado por causa da carne e da pele, pelos 

indios. Eles consideravam este animal como sagrado , e todo o animal era uti- 

lisado. Hoje, o visaõ e simbolo de rezas e de abundancias para o nosso povo, 

os sacos saõ feitos de couro de visaõ e de pele de gamo. 

Eles saõ feitos à maõ e saõ decorados de uma franja e de diverssas perulas 

de vidro e de torquesa.